SINTONIZE-SE COM O SEU “HARA” E ENCONTRE O EQUILÍBRIO INTERNO

Devido às exigências do nosso estilo de vida moderno e cada vez mais ocupado, tornámo-nos peritos em lidar com uma infinidade de tarefas em simultâneo. Somos chefes, pais, companheiros de equipa, cozinheiros, socialites – e até mais – sempre apressados e organizando a nossa semana de forma a cumprir todas as tarefas. No entanto, apesar das nossas bem organizadas agendas, muitas vezes esquecemo-nos de aspetos mais importantes da nossa lista de tarefas: o nosso bem-estar. Perdermos o rasto de nós próprios pode provocar desequilíbrio na nossa vida, o que pode afetar tudo, desde os níveis de energia até ao modo como lidamos com o stress.

Já alguma vez pensou onde concentra a sua atenção durante a maior parte do tempo e no que pode estar a influenciar a sua atenção? E se tentasse localizar o centro que controla a atenção no seu corpo, escolheria o cérebro ou o coração?

Felizmente, existe uma maneira simples de se restabelecer e reequilibrar. Um exercício simples que podemos realizar diariamente com pouco esforço, para desbloquear a centralização que existe em todos nós.

Quando ouve a descrição de alguém como uma pessoa centrada, geralmente significa que ela está num estado mental e físico equilibrado. Nas filosofias orientais, essa “centralização” está na base das práticas de bem-estar. No Qigong chinês, é conhecido como Dantian e, na cultura japonesa, é chamado Hara.

O que significa ‘Hara’?
Em japonês, Hara significa literalmente “barriga macia” ou “parte inferior do seu abdómen”. De acordo com os japoneses, o nosso Hara está localizado abaixo do umbigo e dentro do nosso corpo, ou seja, está situado a meio caminho entre os pés e a cabeça. Além disso, diz-se que todos os principais grupos musculares atravessam o nosso Hara pela frente e por trás do nosso corpo.
Em termos físicos, o Hara é considerado o centro de gravidade que nos liga à terra e a fonte da nossa energia interna. Representa, portanto, o lugar natural onde nos devemos centrar para manter ou restaurar o equilíbrio.

Se já praticou ioga ou meditação ou fez acupuntura, osteopatia ou shiatsu, então já teve contato com o seu Hara. Hoje em dia, as abordagens mentais e físicas tanto orientais como ocidentais focam-se no Hara através da respiração abdominal profunda, o que nos pode ajudar a sentirmo-nos ancorados e centrados, com mais energia e capazes de permanecer calmos durante as horas mais agitadas.

O melhor de tudo, é que é fácil começar. Se nunca tentou a respiração abdominal, é simplesmente uma questão de dedicar tempo para se concentrar no seu Hara enquanto respira e enche de ar a parte inferior do seu abdómen.

1. Encontre um lugar onde se possa sentar confortavelmente e concentre a sua mente na área localizada cerca de três dedos abaixo do umbigo.

2. Ao inspirar para a parte inferior do abdómen deixe que o diafragma se expanda. Sinta a respiração a encher as profundezas da sua barriga. Colocar as mãos sobre o umbigo enquanto respira pode ajudar.

3. Expire, esvaziando a barriga e sentindo a energia permear o corpo. Irá notar os efeitos logo no primeiro minuto.

Lembre-se:

  • Não se preocupe se a sua mente divagar é normal. Traga gentilmente a sua mente de volta ao seu ponto Hara
  • Focar-se no seu Hara logo de manhã ao acordar ou antes de ir dormir, pode ser a forma ideal de começar e terminar o dia
  • Ou pratique esta técnica de respiração profunda durante alguns minutos em qualquer lugar que se encontre e a qualquer hora – nos transportes ou num jardim. É o antídoto perfeito para reuniões stressantes ou deslocações diárias para o trabalho. Saber que pode ligar-se ao seu Hara quando precisa em apenas 3 ou 4 respirações é, ao mesmo tempo, reconfortante e fortalecedor.

Na correria do seu dia-a-dia de super-herói para muitos, é essencial não menosprezar as suas próprias necessidades. Sempre que se der conta daqueles momentos em que se distrai e se sente descentrado, concentre-se no seu Hara durante alguns minutos e pratique a respiração abdominal. Manter uma ligação forte com o seu Hara garante-lhe permanecer em harmonia consigo mesmo. Portanto, ficar atento ao seu abdómen pode ajudá-lo a manter-se com os pés na terra e centrado em todas as situações.

REFERÊNCIAS:
http://www.acupuncturecollege.edu/blog/hara-source-life-and-navel-gate-spirit

Breathe Deep


http://institutezenleadership.org/wp-content/uploads/2015/12/Hara-Breathing-Exercise.pdf
https://hbr.org/2018/03/to-control-your-life-control-what-you-pay-attention-to

15 Powerful Centering Methods to Reduce Stress, Increase Focus, and Make Better Decisions


http://www.academia.edu/13921006/Acting_from_the_Hara_-_The_Enteric_Nervous_System
https://books.google.fr/books?id=8pQIhsMrVRgC&pg=PA31&lpg=PA31&dq=hara+power+centredness&source=bl&ots=xXKZIEYUV9&sig=ACfU3U3yTXsyu_nc4H8AVVJ_r7blyUNqYw&hl=fr&sa=X&ved=2ahUKEwjNsPSwlITgAhUGKlAKHfUzCTIQ6AEwAXoECAgQAQ#v=onepage&q=hara%20power%20centredness&f=false

These articles may interest you

Síndrome do Intestino Irritável? Recomendações em tempo de confinamento

SAIBA MAIS

7 PEQUENAS DICAS PARA OS YOGIS MAIS NOVOS

SAIBA MAIS

UMA MOTIVADA EMPREENDEDORA USOU O ‘HARA’ PARA MUDAR UMA ESQUINA DE EAST LONDON…

SAIBA MAIS